National Bahá’í Communities

A page containing links to the websites of many national Bahá’í communities from around the world.

Bahá’í International Community Representative Offices

The official website of the Bahá’í International Community’s Representative Offices. The site contains news and information about recent activity and provides access to BIC statements, reports, and other publications.

Revelação Divina

Os ensinamentos dos Fundadores das religiões mundiais inspiraram extraordinárias realizações na literatura, na arquitetura, na arte e na música. Eles fomentaram a promoção da razão, da ciência, e da educação. Seus princípios morais têm sido traduzidos em códigos universais de direito, regulando e elevando as relações humanas. Esses indivíduos excepcionalmente dotados são referidos como “Manifestantes de Deus” nos escritos bahá'ís, e incluem (entre outros), Krishna, Zoroastro, Moisés, Buda, Jesus Cristo, Muhammad, o Báb e Bahá’u’lláh. A história oferece inúmeros exemplos de como essas Figuras despertaram em populações inteiras as capacidades de amar, de perdoar, de criar, de ser generoso, de superar preconceitos, de sacrificar-se pelo bem comum, e de disciplinar os impulsos mais baixos do instinto humano. Estas realizações podem ser reconhecidas como a herança espiritual comum da raça humana.

A Fé Bahá’í teve início com a missão confiada por Deus a dois Mensageiros Divinos — o Báb e Bahá’u’lláh.

Nascido há dois séculos atrás, em outubro de 1819, o Báb anunciou ser Ele o portador de uma mensagem destinada a transformar a vida da humanidade, que estava no limiar de uma nova era. Ele convocou uma reforma espiritual e moral, para melhorar a posição das mulheres e dos pobres. Fundou uma religião, distinta e independente, inspirando Seus seguidores a transformar suas vidas e a realizar grandes atos de heroísmo. A missão do Báb era a de preparar o caminho para Bahá'u'lláh.

Bahá’u’lláh – o mais recente da série de educadores morais divinalmente inspirados que vêm guiando a humanidade de tempos em tempos – proclamou que a humanidade está agora se aproximando do seu estágio de maturidade há muito esperado: a unidade no nível global de organização social. Ele fornece uma visão de unicidade da humanidade, uma estrutura moral e ensinamentos que, baseados na harmonia entre a ciência e religião, abordam diretamente os problemas atuais. Ele aponta o caminho para o próximo estágio da evolução social humana. Ele oferece aos povos do mundo uma história unificadora consistente com a nossa compreensão científica da realidade. Ele nos convoca a reconhecer nossa humanidade comum, a nos vermos como membros de uma única família, a eliminarmos a alienação e o preconceito, e a nos unirmos. Ao fazê-lo, todos os povos e todos os grupos sociais podem ser protagonistas na formação do seu próprio futuro, e consequentemente, de uma civilização global justa e pacífica.

Reflexões sobre o desdobrar de uma religião e o amadurecimento da raça humana

O conjunto dos Escritos de Bahá'u'lláh e do Báb são considerados pelos bahá'ís como sendo a Revelação de Deus. Eles formam a fundação da Fé Bahá'í. Durante os longos anos de Seu exílio, Bahá'u'lláh revelou passagens, o equivalente a mais de 100 volumes. Abaixo estão extratos deste vasto oceano.

Ó Salman! A porta do conhecimento do Ser Antigo sempre esteve e para sempre permanecerá fechada à face dos homens. Nenhuma compreensão humana conseguirá jamais acesso à Sua corte sagrada. Como sinal de Sua mercê, porém, e prova de Sua benevolência, manifestou Ele aos homens os Sóis de Sua guia divina, os Símbolos de Sua divina unidade, e ordenou fosse o conhecimento destes Seres sagrados, idêntico, ao conhecimento de Seu próprio Ser.

(Seleção dos escritos de Bahá'u'lláh)

Esses Espelhos santificados... são – cada um e todos – os Expoentes na terra d´Aquele Que é o Orbe central do universo, sua Essência e seu Propósito final. D´Ele recebem o conhecimento e o poder; d´Ele derivam a soberania.

(Kitáb-I-Íqán – O Livro Da Certeza)

Seguindo a luz da guia infalível e possuidora de soberania suprema, são incumbidas de usar a inspiração de Suas palavras, as emanações de Sua perene graça e a brisa santificadora de Sua Revelação para purificar todo coração ardente e espírito receptivo, livrando-os do pó das impurezas das ansiedades e limitações terrenas.

(Seleção dos escritos de Bahá'u'lláh)

Esta é a imutável Fé divina, eterna no passado, eterna no futuro.

(O Tabernáculo da Unidade)

Este é o Dia em que os mais excelentes favores de Deus manaram sobre os homens, o Dia em que Sua graça suprema se infundiu em todas as coisas criadas. Todos os povos do mundo devem reconciliar suas diferenças e, em paz e união perfeitas, se abrigar à sombra da Árvore de Seu cuidado e Sua benevolência.

(Seleção dos escritos de Bahá'u'lláh)

O que o Senhor ordenou como o remédio soberano e o mais poderoso instrumento para a cura do mundo inteiro é a união de todos os seus povos em uma Causa Universal, em uma Fé comum.

(Chamado do Senhor das Hostes)

Sois os frutos de uma só árvore e as folhas de um mesmo ramo. Consorciai-vos com o máximo amor e harmonia, com amizade e solidariedade. Aquele que é o Sol da Verdade dá-Me testemunho! Tão poderosa é a luz da unidade que pode iluminar a terra inteira.

(Epístola ao Filho do Lobo)

A terra é apenas um país, e o gênero humano, seus cidadãos.

(Epístolas de Bahá´u´lláh)

Os que estão imbuídos de sinceridade e fidelidade devem associar-se com todos os povos e raças da terra, jubilosa e radiantemente, desde que a harmoniosa associação com as pessoas tem promovido e continuará a promover unidade e concórdia, as quais por sua vez conduzem à manutenção, da ordem no mundo e à regeneração das raças.

(Epístolas de Bahá´u´lláh)

Fechai vossos olhos para a separação e então fixai vosso olhar na unidade. Aderi tenazmente àquilo que dá de conduzir ao bem-estar e tranquilidade de todo o gênero humano.

(Epístolas de Bahá´u´lláh)

Que não deseje para os outros aquilo que não deseja para si próprio, nem prometa o que não cumpre.

(Kitáb-I-Íqán – O Livro Da Certeza)

Considerai o homem como uma mina rica em joias de inestimável valor. A educação, tão somente, pode fazê-la revelar seus tesouros e habitar a humanidade a tirar dela algum benefício.

(Epístolas de Bahá´u´lláh)

O conhecimento é como asas para a vida do homem; é como uma escada pela qual ele possa ascender. Incumbe a cada um adquiri-lo.

(Epístolas de Bahá´u´lláh)

Sê generoso na prosperidade e grato no infortúnio. Sê digno de confiança de teu próximo e dirigi-lhe um olhar alegre e amável. Sê um tesouro para o pobre, um conselheiro para o rico; responde ao apelo do necessitado e preserva sagrada a tua promessa. Sê imparcial em teu juízo e cauteloso no que dizes. A ninguém trates com injustiça e mostra toda humildade a todos os homens. Sê como uma lâmpada para aqueles que andam nas trevas, sê causa de júbilo para o entristecido, um mar para o sequioso, um refúgio para o aflito, um apoio e defensor da vítima da opressão. Que a integridade e a retidão distingam todos os teus atos. Sê um lar para o estranho, um bálsamo para quem sofre, uma torre de força para o fugitivo. Para o cego, deves ser os olhos, e, para os pés dos errantes, uma luz que os guie. Sê um adorno para o semblante da verdade, uma coroa para afronte da fidelidade, um pilar do templo da retidão, um alento de vida para o corpo da humanidade, uma insígnia das hostes da justiça, um luminar sobre o horizonte da virtude, um orvalho para o solo do coração humano, uma arca no oceano do conhecimento, um sol no céu da bondade, uma joia no diadema da sabedoria, uma luz radiante no firmamento de tua geração, um fruto na árvore da humildade.

(Epístola ao Filho do Lobo)

Há quem remova as dificuldades a não ser Deus? Dize: Louvado seja Deus! Ele é Deus! Todos são Seus servos e todos aquiescem ao Seu mandamento!

( Seleção dos Escritos do Báb )

Livra-te de todo apego que não seja a Deus, enriquece-te em Deus, dispensando tudo, salvo Ele, e recita tu esta oração:
Dize: Deus é suficiente para todas as coisas, acima de todas as coisas, e nada nos céus ou na terra, ou qualquer coisa que entre eles haja, a não ser Deus, teu Senhor, é suficiente. Em verdade, Ele é, em Si próprio, o Conhecedor, o Sustentáculo, o Onipotente.

( Seleção dos Escritos do Báb )

Ó Senhor! A Ti recorro para refúgio e a todos os Teus sinais dirijo meu coração. Ó Senhor! Esteja eu viajando ou em casa, quer esteja ocupado em meu trabalho ou em qualquer atividade, em Ti deposito minha inteira confiança.
Concede-me, então, Teu auxílio suficiente de modo que me tornes independente de todas as coisas, ó Tu que és inexcedível em Tua misericórdia! Confere-me meu quinhão, ó Senhor, como Te aprouver, e faze que me contente com qualquer coisa que Tu me tenhas ordenado.
Tua é a autoridade absoluta do comando.

( Seleção dos Escritos do Báb )

A oração mais aceitável é aquela oferecida com a máxima espiritualidade e ardor; prolongá-la não tem sido, nem é estimado por Deus. Quanto mais desprendida e pura a oração, mais aceitável é na presença de Deus.

(Bayán persa, Seleção dos Escritos do Báb )

Convém ao servo, após cada oração, suplicar a Deus que conceda a seus pais misericórdia e perdão.

( Bayán persa, Seleção dos Escritos do Báb )

Sou o Ponto Primaz do qual se geraram todas as coisas criadas. Sou o Semblante de Deus, Cujo esplendor jamais se poderá obscurecer, a Luz de Deus, cujo brilho não se esvairá jamais.

( Seleção dos Escritos do Báb, Epístola a Muhammad Sháh. )

A substância da qual Deus Me criou não é a argila de que outros foram moldados. A Mim conferiu Ele aquilo que os versados na sabedoria do mundo jamais poderão compreender, nem os fiéis descobrir.

( Seleção dos Escritos do Báb, Epístola a Muhammad Sháh. )

É melhor guiar uma só alma do que possuir tudo o que está na terra, pois enquanto essa alma guiada estiver à sombra da Árvore da Unidade Divina, ambas, tanto ela como a pessoa que a guiou, serão recipientes da terna misericórdia de Deus ,ao passo que a possessão das coisas terre- nas cessará na ocasião da morte. O caminho que leva à guia é o de amor e compaixão, e não de coerção e força. Este tem sido no passado o método de Deus e haverá de continuar a ser no futuro!

( Seleção dos Escritos do Báb, Bayán persa. )

O Senhor do universo jamais levantou um profeta, nem fez descer um Livro, a menos que tivesse estabelecido Seu convênio com todos os homens, deles exigindo a aceitação da próxima Revelação e do próximo Livro, uma vez que as emanações de Sua generosidade são incessantes e sem limite.

( Seleção dos Escritos do Báb, Bayán persa. )